terça-feira, 11 de outubro de 2011

AZUL DE LLANSOL

Um comentário:

leovalesi disse...

O azul estamparia o infinito que quis.